terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Vale a pena esperar?

Vale a pena esperar pelo que é belo, pelo doce sono perdido, pelo encanto entre tantos, um toque , um gesto, um suspiro, o conto proibido, um devaneio que ha de sempre existir perdido pela alma de singelos mortais, que lhe atribuem toda esperança a outrem, que entre muitos será o único, por que explicará entre pequenos detalhes por que há sentindo em viver.

Um comentário:

Sayuri Okamoto disse...

quando aquele parece ser o indispensável...

curta apenas este momento.

beijos