quarta-feira, 23 de abril de 2008

........Banalidades..........


Existem coisas inexplicáveis, acho que a juventude é uma delas, quando acordamos do sonho que é a adolescência simplesmente caímos aterrorizados pela cruel realidade. Acho que muitas vezes a única forma de aprender algo é com os desabafos não com a Dr. Carmem (my psicóloga), a fuga a que recorremos nada mais é do que uma droga camuflada pela sociedade.

É ótimo ser o centro das atenções...sempre gostamos do mundo em que éramos o topo do pedestal e tudo dançava conforme o ritmo que determinávamos....

Agora não passamos de reles mortais deprimidos que buscam encontrar um sentido para a a existência medilcre..... não estou revoltada, estou apenas sendo realista, todos buscam ao mesma coisa!!!!

Será que ser adulto é isso...pois então quero voltar ao ventre da minha Mãe


A cada dia que passa entendo menos o que se passa na cabeça de um ser normal..o q é ser normal? Eu me acho normal, apenas um pouco questionadora...
Não consigo olhar as coisas e fingi que não existem...Cresci antes da hora, não, não sou tão velha assim, tenho apenas 19 anos e parece que carrego um fardo de 30 !! Como isso é possível!?

Nos prometeram sucesso e ganhamos tropeços, nos prometeram uma vida melhor e nada mudou, ou melhor só piorou, agora não temos mais desculpas...Antes conseguíamos sorrir mesmo quando não queríamos, hoje a triste melancolia recai sobre o peso inerte que a sociedade derruba sobre seus escravos....

Queria apenas me preocupar com meu amores frustrados ou com bebidas alucinogenias que estão por ai, mais ser adulto não lhe reserva tempo para bobagens ou futilidades ... Sim eu gosto de usar varias palavras que contenham o mesmo significado e nesse ponto não importa o que irão pensar!!!

Mais o que importa é que não há tempo...a coisa é complexa, talvez sejamos felizes algum dia..talvez não


Putz! Acabaram de me lembrar do meu amor, eu não consigo esquece-lo, mais não importa!!


Eu tenho uma família complicada como todas, antes achávamos que somente nós tínhamos problemas, pois é, agora sabemos que todos tem, e não taxamos o grau de importância! Cada um sabe onde o sapato aperta e não convém a mim criticar ou desmerecer tao valor...

Sou uma menina coruja que gosta de ficar acordada a noite para ver o nascer do Sol, doce lembranças ...acho que preciso virar uma noite qualquer fim de semana destes...

Duvidas trazem respostas, por mais demoradas que sejam, acredite elas trazem...embora não gostemos de ter duvidas ou perceber que não há resposta para tudo, infelizmente não há.


'A gente destrói aquilo que mais ama

Em campo aberto, ou numa emboscada;

Alguns com a leveza do carinho

Outros com a dureza da palavra;

Os covardes destroem com um beijo

Os valentes, destroem com a espada!'


Oscar Wilde, Balada do cárcere de Reading"

9 comentários:

¤ Polly ¤ disse...

eu tnhu 22 anos
mas ainda nao acordei pra "idade"
nao me considero adulta ainda
apesar de ter passado por tds as fases necessarias para ser julgada como uma...
mas creio q o importante nao eh ser normal,adulto ou o q ker q seja, afinal como vc mesma disse, tds temos problemas e tals, creio q na vdd devemos ser o q realmente somos sem nos importarmos com nda, apenas cm os sentimentos de nossos entes qridos...pq o resto? é resto
;)

te adoro menina
vc escreve demaissss
;***

GIUSEPPE MENEZES disse...

O segredo é não se deixar envelhecer. É não se preocupar com o futuro (ou pelo menos fingir que não se preocupa). Eu ainda tenho alma de adolescente, com os meus 23 outonos.

Renato (o Russo) uma vez escreveu assim: "Devemos flertar com o perigo/Seguir nossos instintos primitivos/Quem sabe não serão estes nossos últimos momentos divertidos"

Aproveitemos nossa juventude, porque é tudo o que vale a pena. Mais tarde sentiremos falta dela, não é?

Ps.: Valeu pelos elogios. Já estava sentindo falta de seus textos.

Pollyanna disse...

huahauiahuia
o seu tb apareceu um diabinho eh?
huaahuiahia
se vc me contar a sua eu conto a minha
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
digamos q a minha foi mto alta oO
eu nao sabia q era assim nao
KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
mas o teste eh massa neh
;*** linda

Jaquelyne disse...

Pôxa,Ellen, eu também sinto uma angústia de ter que me transformar em adulta. É tão sem sonhos...
Mas eu luto, eu sonho, e não quero deixar jamais de sonhar e viver uma vida que me faça feliz!
Eu ainda não acordei, tenho 20 anos, mas não acordei, e sinceramente não faço questão pra isso!!
Vamos viver do jeito que somos!Sou nefelibata!E gosto disso!
Parabéns!Você escreve muito bem!!!
Abraços=*

O Lobo-Mau disse...

crise existencial...meu blog roda, roda e acaba terminando nisso mesmo...

as vezes imagino q só falta agente descobrir q já é adulto...

boa sorte na sua evolução, tetéia.

=*****

GIUSEPPE MENEZES disse...

Que bom que gostou do post sobre Hitler, Ellen. Valeu pela dica, vou me informar mais sobre o livro que você recomendou.

Abraços!!

¤ Polly ¤ disse...

ahhh
o meu deu 80 e poco
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
segredo en
:X
huahauiahaiuahiauha
apareça no msn
precisamos sair qquer dia en
=*

GIUSEPPE MENEZES disse...

Nossa, fico muito agradecido pelo link do livro. Já baixei, e espero começar a lê-lo semana que vem, quando terei mais tempo livre. Muito obrigado mesmo...

Abraços, você é demais

Roseana Batista disse...

"Eu queria ter o tempo e o sossego suficientes
Para não pensar em coisa nenhuma,
Para nem me senir viver,
Para só saber de mim nos olhos dos outros, refletido". (A.Caeiro - FP)

Ahhh como sinto saudades da época em que minha única preocupação era em não perder a programação da TV Cultura...

Adoro os posts... :*