terça-feira, 1 de abril de 2008

Folhas amareladas


Entre lacunas de experiências a vida se vai, nela se opta pelo mais facil ou pelo mais dificil, nem sempre segue-se essa ordem, embora a vida continue, optando ou não por ela...

Qual o sentido da existencia de um ser que supostamente se diz "racional"?

Qual o direito que ele possui sobre o livre arbítrio de outro?

Sinto cada segundo que passa, não sinto onde ele me leva!

Sopro de outono que transforma em formas belas e magistrais, lindo...sim lindo, amo o outono, gosto de ver as folhas cairem amareladas pelo chão, transformando ruas em belas passarelas, por onde caminho lado a lado comigo mesma.

A solidão assusta, que importa!!! Nada mais importa..

Gosto dos ventos que trazem mudanças ...... sopram sopram e distancião tudo de ruim que esta parado e estaguinado, o cheiro da mudança me embreaga, cheiro de mato, perfume de longe ... de onde? Não sei...só sei que o sinto e me apaixono

Minha natureza é questionadora, as vezes posso ser cruel as vezes não!

E daí??...Quem vai ligar para isso

Por que se apaixonão por uma livre que não quer se prender, apenas vou faze-los sofrer, e isto tambem não me incomoda...

Simples como o mel tão puramente trabalhado, lindo como o por-do-sol..

O que descrevo..só minha alma sabe

Escrevo, escrevo, escrevo

Gosto de jograis, tem boa sonoridade

Apesar de fazer mau, eu gosto

O passado com dias retorna, sinto que me confunde...logo não sou mais a mesma

Estou mais triste mais transformada, por que o real e o abstrato se misturam

Promessas que não foram cumpridas, amores perdidos

Nada tem volta

Cada momento é unico e assim eu vivo

Volto a questionar o que é um ser "Racional"?

Responda se puder

Não basta pensar para ser racional

Tem que sentir

Existir

Será que estamos a passeio

Isso me importa e como me importa...Por quê estou aqui?

Quantas perguntas existem sem respostas

Tanto compreende os atos, os meios....

Será que os fins justificam os meios?? Nãooooo

E os ventos continuão a soprar, que perfume me traz..

Como a natureza é bela, como é lindo um amor inocente de um animal

Quantas experiencias ainda terei que viver para entender

Gostei do zigue zague do texto...irá ficar cheio de voltinhas

I não vai ficar...tinha gostado tanto

Cada dia é digno de ser unico....

Acho que por isso que sou uma Iniciante


Agora me orgulho disso!

6 comentários:

Sara disse...

Amém!! =)

Nana disse...

Bom início!

O Lobo-Mau disse...

mas vc ja sabe d tudo...
"tem q sentir
existir"

¤ Polly ¤ disse...

outono
racionalidade
tudo mto perfeitamente escrito
admiro vc, Ellen ;)

"Cada dia é digno de ser unico....


Acho que por isso que sou uma Iniciante




Agora me orgulho disso!"

belo desfeicho
adorei
eh um dos textos mais "belos" q ja li
parabensss!!

não se eskeça
precisamos beber umas juntas e filosofar
;P

;***

GIUSEPPE MENEZES disse...

Oie, Hellen. Valeu pela visita ao KozmicSoldier. Eu já tinha lido seu blog duas vezes, através dos textos da Polly, que também admirei muito.

Que ótimo trabalho você faz aqui. Absolutamente demais os seus textos.

Prometo sempre passear por aqui.
Bjo! ^^

GIUSEPPE MENEZES disse...

Olá novamente, Hellen. o/
Retribuindo a gentileza, também adicionei o seu belo blog nos meus links (mais uma parceria!! ^^).