quarta-feira, 26 de maio de 2010

Instante inesperado

Doce aroma queimado do campo, sublime sabor, pequena semente que outrora foi sinal de riqueza, ouro negro, sabor incomparável e marcante, o simples café... Marcante como todas as emoções da qual vivemos, perdas e ganhos... Nossa! Como a montanha russa é turbulenta, seus assombros e dissabores passam por entre os fios de cabelos sem que ao menos percebamos o tempo, somente emoções, sim uma descarga delas... E ainda assim duvidamos que estamos vivos!!
Belos fundamentos de grandes e majestosas palavras, indignos de livre arbítrio, sublimes ao coração, sonhos merecem atenção, afinal nada acontece sem dedicação, lucros são flores enviadas para o presente. Confesso não sou uma boa em esperar, paciência é complexo, admiro a todos que a possuem... Alias conheço poucos que sabem usá-la.
A bebida quente traz aconchego ao corpo e tranqüilidade a mente, aquieta e concentra a razão, decisões são tomadas, planejamentos são descobertos em meio à bagunça, tudo acontece enquanto a reflexão de um gole escorre por entre o esôfago.
Grande poder em uma simples sedução!

2 comentários:

Polly . disse...

Olááá! Td bem?
Olha só, esse eh o end novo do meu Blog:

http://sensatione.blogspot.com

entra lá:)

=* Polly

Valendo à pena disse...

adorei esse sim é um desabafo, sincero do coração....

bjoss me segue depois e veja o que acha do meu blog